Poupar na água

poupar agua

Se o volume de uma descarga completa de um autoclismo for superior a 6 litros, há um gasto excessivo.
O mesmo se aplica a uma torneira com caudal superior a 8 litros por minuto na máxima abertura.
Caso os dispositivos instalados em sua casa sejam pouco eficientes, substitua as torneiras, chuveiros e autoclismos por modelos economizadores ou opte por acessórios para reduzir o seu débito nos antigos, mantendo desempenho e conforto.
Mas no caso do chuveiro, a sobreposição de dispositivos de poupança pode resultar em fluxos tão baixos que dificultem o funcionamento do esquentador.

Alterar comportamentos pode, por exemplo, reduzir em metade o gasto de água das torneiras. Fechar a torneira enquanto lava os dentes ou armazenar em garrafões a água que se gasta enquanto não chega a água quente para o banho são dois exemplos.

A embalagem de algumas torneiras e chuveiros economizadores, porém, não indica o caudal. Além disso, nestes últimos a posição de poupança não é claramente referida. Nesse caso, informe-se na loja. Quanto aos acessórios, prefira os que referem de forma clara a poupança.

Prefira duches a banhos de imersão.
Tome duches curtos, evite ter a torneira aberta mais de 5 minutos e feche-a para ensaboar-se.

Nos banhos de imersão de crianças, use um quarto da capacidade máxima da banheira e recolha a água fria até chegar a quente.

Reduza o máximo o uso de água para lavagens, fazer a barba, lavar os dentes ou as mãos.

Para cozinhar, prefira o vapor, microondas ou a panela de pressão: poupa água, preserva as vitaminas e melhora o sabor.

Use as máquinas de lavar só com carga completa, sem recorrer a ciclos como a pré-lavagem.
Adapte-os segundo o grau de sujidade. Ciclos longos gastam mais água.

Para lavar o carro, use dispositivos com água sob pressão. Ou utilize estações de lavagem a jacto, algumas máquinas exigem apenas uma moedinha de 50 cêntimos para três minutos de lavagem com jacto de água.