rebeldes sirios

Partilhe esta página





CIA fornece armas aos rebeldes Sírios :

rebeldes sirios

 

Um grupo de funcionários da CIA está na Turquia, não longe da fronteira com a Síria, e ajuda a formar    grupos de oposição e fornece-lhes     armas.

Segundo    foi revelado pelo    New York Times , citando    uma fonte da Administração dos EUA.

"Segundo um alto oficial dos EUA, oficiais da CIA estão no sul da Turquia nas últimas semanas. Uma das suas tarefas é garantir que as armas fornecidas aos sírios rebeldes não vão parar nas mãos da Al Qaeda ou outros grupos terroristas ", nas palavras da publicação oficial de colecta.

Fontes do New York Times afirmam que funcionários da CIA    ajudam a controlar a distribuição de armas e munições, comprado com dinheiro da Turquia, Arábia Saudita e Qatar, a oposição síria.

Essas armas vêm em Síria , em geral, através da fronteira turca.

É utilizada uma rede secreta de mediadores.
A fonte afirma que os rebeldes sírios são fornecidos com fuzis, lança-granadas, munições e armas que são aplicadas contra os tanques.
A informação foi publicada pelo jornal "The Guardian", citando fontes diplomáticas da Grã-Bretanha.
Segundo o jornal, esta decisão vem após a reunião de Barack Obama e David Cameron com Vladimir Putin como parte do G-20, que ocorreu    no México. 

 

fonte: RT

 

 

CIA recrutou 6000 mercenários, revela vice-presidente trabalhista Turco:

O Vice-presidente do Partido Trabalhista da Turquia, Bülent Esinoglu, revelou que a CIA recrutou 6000 mercenários árabes, afegãos e turcos, para conduzir operações terroristas na Síria.

Esinoglu garante que o povo turco se opôs à presença dos cidadãos turcos nas regiões sírias em crise, e os massacres perpetrados contra os sírios inocentes,
“para belos olhos dos Estados Unidos”, de acordo com os seus termos.

Ele culpa a empresa de segurança americana “Blackwater” suspeitando-a de estar por trás dos assassinatos, observando que ela paga grandes quantias de dinheiro aos seus mercenários para fazê-lo.

“A Guerra declarada pela Turquia contra a Síria, é liderada por Washington e Tel Aviv, que praticamente transformaram o exército turco num exército de mercenários, que lutam por dinheiro, tal como” Blackwater”, insistiu.

 

fonte: infos   D'Almanar

 

 

 

 

***