Múmia extraterrestre

Partilhe esta página





 

O egiptólogo francês Louis Caparat descobriu, em 1988, um quarto secreto na grande pirâmide Keóps, o qual continha uma estranha múmia com características alienígenas.

O possível ET encontrava-se numa caixa transparente de cristal. A informação foi veiculada pela revista egípcia Rose El-Yussuf, na sua edição de Março de 2001, que publicou a foto da múmia. Ao lado do sepulcro havia um papiro com escritas egípcias e dizia que “algum dia a sua espécie chegaria das estrelas”.


Caparat contratou o biólogo espanhol Francisco de Braga e propôs que viesse ao Egipto para colher amostra de sangue e células do tecido da múmia. Mas quando Braga desembarcou no Cairo foi imediatamente detido pelo Ministério da Segurança Egípcia e, sem qualquer explicação, foi colocado num avião de volta a Madrid
e aconselhado a esquecer o caso. A múmia foi confiscada pelo Serviço de Inteligência do Exército Egípcio e nunca mais se teve notícias dela.

 

 

 

 

***