documentos vaticano

 

Partilhe esta página





 


O presidente do banco do Vaticano demitido, o mordomo do Papa preso, cartas e documentos sigilosos de Bento XVI e seus colaboradores publicados em livro.
A Santa Sé está em ebulição.

O mordomo da casa pontifícia, Paolo Gabriele, foi acusado de posse de documentos ilegais, depois de ter sido detido . ( a 23 de Maio de 2012 ).

A detenção, aconteceu no mesmo dia em que o presidente do Instituto das Obras da Religião (IOR), o banco do Vaticano, foi forçado pelo conselho de supervisão a demitir-se. E na mesma semana em que um livro publicado em Itália divulga cartas e documentos sigilosos enviados ao Papa, ao seu secretário e a responsáveis do Vaticano , com o objectivo de "expulsar os vendilhões do templo".

Em causa estará um ambiente de luta pelo poder, numa altura em que se começa a perceber que Bento XVI estará mais fragilizado. Sente-se no Vaticano, um clima de final de pontificado e adensam-se jogos , reais ou imaginários , para a sucessão do actual Papa. O cardeal Tarcisio Bertone, secretário de Estado do Vaticano e número dois da hierarquia, tem sido um alvo privilegiado de críticas.

Ler o resto no Jornal Público.

mordomo do papa preso

 

Cartas confidenciais do papa Bento XVI sobre temas polémicos, como as intrigas da Igreja e os escândalos sexuais do padre mexicano Marcial Maciel, estão sendo publicadas num livro não autorizado pelo Vaticano.

Um resumo da   Sua Santidade, Cartas Secretas do Papa , escrito por Gianluigi Nuzzi , autor do best-seller   Vaticano SA , sobre as finanças da Santa Sé , foi publicado pelo jornal   Il Corriere della Sera . A obra está à venda em toda a Itália.

Política -   Baseado em cartas confidenciais destinadas ao papa Bento XVI e ao seu secretário pessoal, Georg Gaenswein, o livro descreve manobras e confabulações dentro do Vaticano e inclui relatórios internos enviados para o Papa sobre políticos italianos como Silvio Berlusconi e o presidente da República Giorgio Napolitano.

Também relata os confrontos com a chanceler alemã Angela Merkel sobre aqueles que negam o Holocausto, e as confissões do secretário do fundador da Congregação Mexicana Legionários de Cristo, Marcial Maciel, acusado de abusar de crianças e de ter uma vida dupla com duas esposas e filhos. 

revista: Veja .

 

DOWNLOAD GRÁTIS DO LIVRO :

Na internet em alguns torrents é possível encontrar o ebook em inglês e italiano. Em Português não há.

Mas encontrei o pdf em espanhol, faça download. tem 4 mb.

vaticano sa

Link alternativo .

 

 

 

***